O CORTISOL pode ser um fator muito importante que está impedindo você de emagrecer!

valéria Sem categoria Deixe um comentário

Os níveis altos de “cortisol” não permitem treinar mais e de forma mais eficiente, dificultando a recuperação rapida depois do esforço. A sensibilidade de determinado tecidos à insulina afeta o aumento de peso e disto depende diretamente se você ganha músculo ou gordura.

O cortisol é um hormônio produzido pelas glândulas suprarrenais, que estão localizadas acima dos rins. O cortisol serve para ajudar o organismo a controlar o estresse, reduzir inflamações, contribuir para o funcionamento do sistema imune e manter os níveis de açúcar no sangue constantes, assim como a pressão arterial.

Os níveis de cortisol no sangue variam durante o dia porque estão relacionados com a atividade diária e a serotonina, que é responsável pela sensação de prazer e de bem-estar. Assim, os níveis de cortisol basal no sangue, geralmente, são maiores de manhã ao acordar, de 5 a 23 mcg/dL, e depois vão diminuindo ao longo do dia para 3 a 16 mcg/dL, sendo que em pessoas que trabalham à noite os níveis se invertem.

O cortisol alto no sangue pode originar sintomas como perda de massa muscular, aumento de peso ou diminuição de testosterona ou ser indicativo de problemas, como a Síndrome de Cushing, por exemplo.

Já o cortisol baixo pode originar sintomas de depressão, cansaço ou fraqueza ou ser indicativo de problemas, como a Doença de Addison, por exemplo.

Cortisol Alto
O cortisol alto pode originar sinais e sintomas como:
-Perda de massa muscular;
-Aumento do peso;
-Aumento das chances de osteoporose;
-Dificuldade na aprendizagem;
-Baixo crescimento;
-Diminuição da testosterona;
-Lapsos de memória;
-Aumento da sede e da frequência em urinar;
-Diminuição da libido;
-Menstruação irregular.

O cortisol alto também pode indicar uma doença chamada Síndrome de Cushing, que gera sintomas como aumento rápido do peso, com acúmulo de gordura na região abdominal, queda de cabelo e pele oleosa. Saiba mais sobre esta doença em: Síndrome de Cushing.

Tratamento para o Cortisol Alto

O tratamento para o cortisol alto pode ser feito com remédios prescritos pelo médico, mas o consumo do inhame constitui um ótimo remédio caseiro. Outras formas de controlar naturalmente os níveis de cortisol no sangue é fazendo exercício físico regularmente, ter uma alimentação saudável aumentando o consumo de vitamina C e diminuindo o consumo de cafeína.

Cortisol Baixo

O cortisol baixo pode causar sinais e sintomas de:
-Depressão;
-Fadiga;
-Cansaço;
-Fraqueza;
-Desejo repentino de comer doces.

O cortisol baixo também pode indicar que o paciente tem Doença de Addison, que gera sintomas como dor abdominal, fraqueza, emagrecimento, manchas na pele e tonturas, principalmente ao levantar. Para saber mais sobre esta doença leia: Addison: sensação de fadiga geral.

Exame do Cortisol

O exame do cortisol está indicado para avaliar os níveis de cortisol e pode ser feito através de uma amostra de sangue, de urina ou da saliva. Os valores de referência dos níveis de cortisol no sangue são:
Manhã: 5 a 23 mcg/dL;
Final do dia: 3 a 16 mcg/dL.
Se o resultado do exame do cortisol estiver alterado, é recomendado o indivíduo consultar um endocrinologista para identificar a causa e iniciar o tratamento o mais rápido possível, se for necessário, porque os níveis de cortisol altos ou baixos nem sempre são indicativos de doenças, pois eles podem estar alterados devido ao calor ou à presença de infecções, por exemplo.

Fonte:http://www.tuasaude.com/cortisol/

valériaO CORTISOL pode ser um fator muito importante que está impedindo você de emagrecer!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *